Os 30 Chegam e as Princesas Balzaquianas e Reais Também

Se você é balzaquiana ou quase uma balzaquiana como eu, provavelmente passou a infância inteira ouvindo histórias de príncipes e princesas que na maior parte das vezes envolvia uma donzela branca, pura, indefesa que é salva pelo magnífico príncipe em seu cavalo branco. é claro que o mundo mudou e as histórias infantis também. Hoje já temos bem mais histórias com princesas empoderadas e representativas das desigualdades como por exemplo:

 

 

 

1- Elza e Anna, em Frozen protagonizam muito mais a força do amor fraterno do que o amor romântico. Elza, mais velha protagoniza uma mulher forte que muitas vezes tenta mostrar a Anna que ela precisa ser mais cautelosa e realmente conhecer o outro.

2-A moleca, ruiva e cacheada, Merida de Valente, não larga o arco e flecha e tinha um relacionamento conflituoso com a mãe que queria que ela fosse uma garotinha delicada.

3- A princesa negra ambientalista e aventureira, Moana .

Esses são apenas alguns exemplos de princesas que fogem do padrão que idealizávamos, e como a “Vida imita  arte, ou a arte imita a vida” esse fim de semana teremos o comentado casamento real entre o Príncipe Harry herdeiro do trono britânico e a atriz Meghan Markle. Mas o que faz de Meghan tão diferente assim do padrão de princesas que nós balzaquianas aprendemos?

meghan e harry
Harry e a futura princesa, Meghan. Fonte: Purepeople.

Sinceramente falando? Não compreendo muito sobre os casamentos reais fora da ficção mas pelo que eu entendi ou a mídia precisa fazer alarde ou realmente ( e infelizmente) a realidade segue mais atrasada que a ficção.

Alguns fatos sobre Meghan que levantaram questões sobre esse casamento.

1- Divorciada

meghan
Meghan com o ex marido e depois com o príncipe Harry. Fonte: Glamurana

Meghan foi casada por dois anos com o produtor de cinema Trevor Engelson, o casamento durou apenas dois anos mas vinha de uma relação de 7 anos. E por que isso importa? Princesa divorcida nem na ficção a gente viu né? Nada daquele amor romântico fuminante que só acontece uma vez na vida e a primeira vista. Aqui é  na tentativa e erro, não deu certo segue o baile. hahaha. Detalhe que Meghan é 3 anos mais velha que o príncipe, e pelo visto mais experiente. 😉

2- Feminista

Meghan Markle expressa regularmente suas convicções feministas, desenvolvida durante sua infância em Los Angeles, Califórnia.

De acordo com a revista Exame a atriz escreveu a BBC:

“Aos 11 anos de idade conseguiu fazer com que um fabricante de detergente para louça modificasse um anúncio, depois de escrever para a então primeira-dama Hillary Clinton (…), reclamando que o anúncio insinuava que o lugar da mulher era na cozinha”

e em um discurso pronunciado em 2015 no Dia Internacional da Mulher, lançou:

“As mulheres devem ter um lugar ao redor da mesa (…) E, em certos casos, se este lugar lhe é negado, precisam criar sua própria mesa”.

Uai e por que isso foi polêmico? Isso deveria ser uma benção, a família real deveria agradecer de pé por tê-la não é mesmo? Quem ainda não é feminista, não levanta a mão, por favor, porque eu não quero nem saber!

Mas, infelizmente a polêmica veio não apenas dos questionamentos se ela era mesmo a mulher certa para o príncipe mas também de MUITAS mulheres que questionaram o seu “suposto feminismo” que abandona a carreira de atriz para ser uma princesa e ter que aceitar muitos dos “antiquados” protocolos reais.

Acho que uma das coisas mais tristes em falar de feminismo e sororidade é perceber que muitas mulheres ainda não perceberam que ter direito de escolha é o princípio básico e fundamental para uma luta que trata de igualdade. Meghan não é uma garotinha indefesa que ainda esta formando suas idéias, não é uma menininha deslumbrada com príncipes da Disney. É uma mulher de 36 anos, com várias vivências, um casamento anterior, uma carreira sólida, que resolveu fazer a sua escolha, como já vi muitas feministas optarem, por exemplo, por serem mães em tempo integral e fazerem um pacto contratual financeiro com o marido para organizarem as finanças da casa. Ou vocês acham que cuidar dos filhos e da casa não é trabalhar? Ou vocês acham que as obrigações “reais” são poucas?

3- Afrodescendente

E o que isso importa? Pois é meu povo o que isso importa? Eu não sei, mas gerou bastante burburinho, filha de mãe afro-americana e pai branco Meghan se afirma uma mulher miscigenada e que tem orgulho da sua descendência afro – americana. Nas suas palavras para a revista “Elle”:

“Para dizer quem eu sou e de onde vim. Para expressar meu orgulho de ser uma mulher miscigenada forte e confiante”

Além de ter sido alvo de racismo após assumir o relacionamento com o príncipe, a mídia como sempre, infernizou sua mãe para tirar fotos e também conseguir fotos da sua infância. Muitos comentários surgiram após divulgarem que o cabelo da atriz é naturalmente cacheado o que levou novamente a questionamentos e até uma campanha para que a mesma usá-se seus fios naturais.

meghan e sua mãe
Meghan com sua mãe

O mais bizarro disso tudo é entender porque a forma do dela causou tantos comentários, e pior: Pessoas acreditarem que tem o direito de lhe dizer como ela deve usá-lo, realizar campanhas na internet ou questionar seu posicionamento feminista ou pela igualdade racial de alguma forma. Sinceramente, eu também não sei, mas serve para mostrar que muitas vezes o preconceito está adormecido e só precisa de uma cutucada para mostrar as caras. Meghan repetindo novamente, é uma mulher com poder de escolha, sobre sua vida, seu corpo e TAMBÉM seu cabelo.

Eu acho que todo esse questionamento não foi “apenas” pelos fios cacheados, mas pela óbvia origem africana da atriz por meio da sua mãe. Diversas mulheres brancas possuem cabelos cacheados ou ondulados e alisam de alguma forma, porém não são afrontadas dessa forma por um único e simples motivo: Porque são INQUESTIONAVELMENTE BRANCAS e isso lhes dá maior poder de escolha. Na imagem abaixo temos Nicole kidman, branca, com seu cabelo cacheado e depois liso, e Meghan, afrodescendente, com seu cabelo liso e depois cacheado.

 

 

Agora,  outros motivos que para mim fazem dela  uma princesa digna de filme da disney:

1- Ela é praticante de yoga, herança que herdou da sua mãe que é instrutora. ❤

2- Ela é adepta da adoção de animais, tendo dois cachorros adotados e inclusive usando hashtag de #naocompreadote sempre que posta fotos deles. ❤

3- Já foi blogueirinha, com seu blog The Tig, dedicado a assuntos femininos. ❤

4- É ligada a questões sociais e humanitárias sendo embaixadora da World Vision, uma organização que ajuda crianças com dificuldades. ❤

E vocês, o que acham da nova princesa? Acham que alguns padrões disney da nossa infância foram desconstruídos?

Beijos!

 

Consultas:

Meghan Markle, uma feminista na casa Windsor
http://www.purepeople.com.br/noticia/atriz-divorciada-e-feminista-saiba-quem-e-meghan-markle-noiva-do-principe-harry_a205142/1
http://www.purepeople.com.br/noticia/principe-harry-e-meghan-markle-recebem-carta-com-po-suspeito-e-ataque-racista-crime_a217274/1

Consulta para quem quer saber mais sobre a evolução das princesas disney:

https://zinema.com.br/o-universo-feminino-segundo-as-princesas-da-disney/

Depoimento de Meghan Markle sobre suas origens:

https://www.movenoticias.com/2016/11/namorada-do-principe-harry-fala-pela-primeira-vez-sobre-as-suas-origens/


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s